OS BENEFÍCIOS DA ARGILA NA ESTÉTICA, SAÚDE E BEM ESTAR

No dia 21/11, recebemos a especialista em argilas e tratamentos naturais e de SPA, Katia Nunes, famosa no Brasil e na Europa pelo seu trabalho de mais de 30 anos na estética, para falar sobre argiloterapia. Você confere agora sua entrevista e um resumo do que a  Argiloterapia pode fazer pela beleza e saúde do ser humano.

Aproveite

Antes de conhecermos os tipos de argila,  é importante tirarmos as dúvidas sobre o que se trata argiloterapia, inclusive nós seres humanos temos muitos de seus micronutrientes na corrente sanguínea, tal como zinco, ferro, potássio, cálcio, etc. Sem falar que cada uma possui uma concentração de oligoelementos diferentes o que oferece cores distintas a algumas das dez tipos  que existem. Por ser completamente natural e por termos elementos incomuns com a argila não há contra indicação para seu uso, que pode ser feito desde as crianças aos idosos.

Antes da argila ser usada para a argiloterapia ela é microbiologicamente peneirada mais de uma vez, ou seja, nesse processo além de ser retirado todas as pedras ela se torna livre de impurezas  e, além  disso, ela ainda é submetida a graus altíssimos numa estufa  para extinguir bactérias e outros microorganismos nocivos à saúde, podendo ainda serem submetidas a um terceiro processo de esterilização com raios gama.

A utilização da argila abrange diversas áreas desde a estética à saúde.  O que se sabe é que ela é usada para fins medicinais desde a antiguidade pelos índios, inclusive alguns hospitais também fazem determinados tratamentos com argila e até mesmo em certos processos terapêuticos religiosos ela é usada.

Além dos oligoelementos descritos acima a argila também é rica em manganês, lítio, fósforo, boro ,selênio e níquel. Além disso,  por possuir silício que é um condutor eficiente,  a absorção dos outros elementos acontece de forma mais fácil e eficaz.  Mais abaixo conheceremos mais sobre elas e suas aplicações.

argila-na-estetica

Diversos tipos de Argilas

  • Argila Rosa:

É ideal no combate contra o antienvelhecimento, principalmente quando a pele se encontra flácida, porque fortalece a fibra do colágeno o que a faz ficar com aspecto mais firme, jovem e saudável, melhorando ainda a sua oxigenação ,  além de atuar também no tratamento de todos os tipos de Alopecias (perda de cabelo), pois a argila rosa é a que possui maior concentração de zinco ferro, cálcio e potássio.

 

  • Argila Verde:

É provavelmente a mais conhecida e é a que possui maior poder desintoxicante, capaz de promover a mais profunda limpeza, potencialmente recomendada pra fumantes, pois em geral essas pessoas são as mais propensas a  acumular toxinas e desenvolver manchas na pele. Não podemos esquecer ainda de sua capacidade de promover quebra de queratina, causando suavidade e maciez até mesmo às peles mais ásperas.  No couro cabeludo ela pode ser usada como uma espécie de antiresudio, porque vai ajudar a eliminar até mesmo metais pesados de quem faz algum tipo de química nos cabelos. É também muito boa para redução de medidas, principalmente nos casos onde há edemas e retenção de líquidos  Só é preciso tomar cuidado ao usar no rosto, para não passar do tempo recomendado, pois sua alta concentração de silício e magnésio, podem provocar um efeito tensor ativo, o que em algumas peles pode causar sensibilidade, vermelhidão ou algum outro tipo de desconforto.

 

  • Argila Cinza:

Essa é de uso quase que exclusivo para fins de tratamento médico, usa-se bastante para ajudar a tratar varizes, contusões, feridas, luxações, tromboses e problemas de articulações em geral, além de  ter ação clareadora e ajudar no controle de oleosidade da pele e cabelo.

 

  • Argila Branca:

É o tipo mais puro que se pode encontrar e por conta disso é mais usada na medicina, no tratamento contra acne , foliculite, dermatite, micoses de pele e de unha, seborreia e psuríase, clareamento da pele , tratamento de manchas, e até no pré e pós operatório. Basicamente o poder terapêutico e estético desse tipo de argila, concentra-se no fato dela ser ótima cicatrizante, combater a oleosidade e seu poder clareador.

 

  • Argila Roxa:

É a mais nutritiva, que hidrata profundamente a pele e até mesmo os cabelos, é ideal para peles maduras, cansadas e maltratadas por ações externas,   seu uso também é bem benéfico na pele ao redor dos olhos e no tratamento contra as estrias. Para potencializar seu poder nutritivo pode-se lançar uso de óleos essenciais onde a quantidade irá variar de acordo ao local tratado.

 

  • Argila Vermelha:

É ótima contra a celulite e flacidez além de diminuir a gordura localizada, não é muito usado nos cabelos ou no rosto, exatamente porque seus maiores benefícios ocorrem quando utilizada na pele do corpo.

 

  • Argila Marrom:

É um argila que promove purificação,  oxigenação  e vitalização da pele,  também é usada no combate a flacidez . Não se encontra tão facilmente em comparação com as outras.

 

  • Argila da Amazônia :

Esta tem um grande teor de limpeza, posto que elimina as toxinas da superfície da pele e ainda faz uma leve esfoliação, purificando o tecido dermatológico de todas as impurezas, deixando-o pronto para receber produtos anti-idade , ou para iniciar protocolos de antienvelhecimento. Sem falar ainda no seu alto poder cicatrizante que auxilia do tratamento de diversos distúrbios dermatológicos que exijam regeneração e é encontrada no açudes do Rio Amazonas.

 

  • Argila Amarela:

Ajuda a controlar inflamações, tem ação antienvelhecimento,  anti-flacidez, contribuindo e promovendo a saúde e viçosidade da pele, podendo ser usada também para dar vitalidade ao couro cabeludo.

 

  • Argila Preta ou Argila Negra:

Além de ajudar na desintoxicação, ela auxilia no melhoramento da circulação local. Rica em alumínio, ferro, manganês, sódio e potássio,  é também considerada uma argila rara e nobre para tratamento de vitalizarão da pele.

 

Com quase todas as argilas pode-se fazer uso de chás e até mesmo vinho para potencializar os efeitos desejados. Na redução de medidas, por exemplos, usar com chá de gengibre seria uma opção, enquanto que nos cabelos,  chá verde de oliveira e camomila potencializaria seus efeitos benéficos na fibra capilar e até no couro cabeludo. É importante salientar que todas possuem micronutrientes, e que a escolha do tipo de argila, vai depender estritamente do o protocolo que será inicializado, como foi dito no inicio do texto, cada uma tem uma concentração diferente de oligoelementos, que provocam efeitos diferentes.

Além de todos os benefícios acima descritos, todo procedimento utilizando argila vai promover bem estar e  relaxamento da pele, que por ser um tratamento estritamente natural não causa nem um tipo de efeito colateral, contanto que se conheça a procedência da argila, pois é importante que ela tenha passado por todos os processos de esterilização e purificação necessários afim de assegurar a segurança de quem fará o tratamento.

rodape-programa-estetica-na-tv

Pin It on Pinterest

Share This