Estética Íntima – Clareamento Anal, Virilhas, Flacidez Vaginal tratado com Peeling, Carbox, Luz, etc

Estética íntima

C: A Ynaiã da ShopFisio está aqui com a gente. Tudo bom Ynaiã?

Y: Tudo joia e você?

Y: Sim.

C: epois falamos. Vamos para o tema?

Y: Vamos.

C: Estética íntima está em alta realmente?

Y: Muito. É um assunto que a gente já vinha conversando, porque o fato de termos cursos na Shopfisio, perguntamos quais temas são atuais e o primeiro tema foi estética íntima. Já fizemos um curso onde tivemos uma grande repercussão e a gente mostra tudo àquilo que já tivemos de queixa e vamos mostrando para o cliente como ele pode melhorar esse atendimento dentro do consultório. Então é um assunto que está em alta, um assunto que em todos os meetings, em tudo que vamos falar, a gente está trazendo esse tema hoje para a estética.

Y: Precisamos tratar esse tema com um pouco mais de intimidade, imagina falar: vamos ver a sua vagina ou perereca? Às vezes ela não quer se expor dessa forma, a gente fala com mais carinho para ver se a cliente se adapta ao tratamento.

C: Agora porque uma pessoa busca um tratamento de estética íntima dentro de uma clínica de estética?

Y: Na verdade ela não vai chegar na clínica e falar que quer tratar sobre o escurecimento da virilha, mas depois que você vai criando intimidade, a primeira coisa que ela vai falar: você não tem nada que possa clarear? Porque a primeira coisa que ela vai poder falar é isso, sobre o escurecimento. Depois ela fala..

C: Escurecimento de qual região?

Y: Da virilha mesmo. Porque elas vão colocar o biquíni.

C: E também tem o escurecimento do ânus, que foi um programa que a gente teve com a Mariana da Medicatriz.

Y: Sim, que foi muito legal e eu até assisti. É bem aquilo que ela falou mesmo, a gente fala do clareamento, mas o foco é a flacidez dos lábios, porque isso é algo que incomoda muito a paciente.

C: OK. Então o cliente não chega pedindo, vai acontecendo.

Y: Isso, vai acontecendo. E no meu consultório quando eu atendia, a queixa maior era sobre o monte pubiano ou monte de vênus. O que é isso? Você consegue imaginar?

C: Nome muito técnico.

Y: ‘Capô do fusca’. Porque o que acontecia, o médico vai limpa-la (na lipoaspiração), ela fica toda magra e bonita, e quando ela vai colocar a calça, essa região incomoda muito. Vai por um biquíni, experimentar um biquíni, isso incomoda. Então a gente mostra no curso também procedimentos que já fazemos na estética voltados para essa região, para essa gordura. A gente tem várias formas de tratar essa gordura do monte pubiano.
C: Legal. A gente precisa levar o tema também com um pouco de alegria, porque todo mundo tem ‘perereca’, aliás, nem todo mundo tem, mas temos que levar o tema com leveza para que vocês possam aprender em casa, por isso a gente brinca.

Y: E o curso também a gente trata o assunto de uma forma bem leve para ensinar. O curso é para todo mundo da área da estética, é para levar para elas com uma leveza de conseguir abordar isso com a cliente dela também, porque é um assunto difícil, você não chega falando sobre essa queixa, mas na intimidade, depois que ela já tem um tempo de consultório começa: a radiofrequência que você trata o meu rosto, será que não dá para tratar outra região?

C: E é uma oportunidade maior de ganho.

Y: É um diferencial.

C: Diferencial, você tem mais recursos para lidar com o cliente. Agora ela chega e fala do escurecimento.

Y: E começam a vir outras queixas.

C: Quais são essas outras queixas?

Y: A depilação, porque muitas vezes elas têm alergia da cera, tem alergia à gilete e fazemos com luz pulsada essa parte de depilação. Com isso a gente já ganha o clareamento e aos poucos as pessoas vão falando. A maior queixa é a flacidez da região dos grandes e pequenos lábios, essa é a grande queixa. Só que ela não fala isso logo de cara, ela começa falando do escurecimento do monte pubiano, depois ela chega nessa parte mesmo.

C: Estão perguntando aqui, trata gordura na região íntima?

Y: Então é a do monte pubiano, é o ‘capô do fusca’.

C: A região está gordinha.

Y: Isso. Tem algumas que já nascem mais gordinhas e tem outras que ficam por causa da lipoaspiração. O médico limpa toda a região lateral do corpo e se esquece daquela região, ela está magrinha só que no ‘capô do fusca’ ela está gordinha. E a gente consegue tratar.

C: Isso deve causar na pessoa constrangimento.

Y: Sim, uma legging, uma calça jeans mais justa, ela começa a se incomodar e é uma hora que a gente consegue mostrar que conseguimos tratar isso, que todas as profissionais da área da estética podem tratar.

C: No relacionamento intimo com o parceiro..

Y: Essa é parte que chamamos de ‘cereja do bolo’, porque primeiro é o visual, depois é a parte da intimidade que melhora muito.

C: Quais são os recursos de eletroterapia..

Y: Que a gente pode tratar?

C: Que pode utilizar?

Y: A gente pode trabalhar com o ultrassom focalizado para gordura, com eletrolipólise dependendo da camada, crio lipólise, a gente tem o Polarys sendo lançado ai com uma manopla um pouco menor, que a gente consegue.

C: Dá para fazer até com crio lipólise na região íntima?

Y: Dá. É muito legal.

C: Você está brincando comigo.

Y: Não estou brincando.

C: Sério mesmo?

Y: Dá para fazer. A gente vai mostrar ele (Polarys) no curso de estética íntima, porque dá para tratar também.

C: Então vamos lá. Crio lipólise…

Y: Crio, eletrolipólise, carbox terapia, luz pulsada dá para usarmos o Lyra, radiofrequência, mas tem que ser uma radiofrequência de baixa frequência e baixa intensidade, porque estamos falando de uma região bem delicada, dá para fazer massagem, quem não tem nenhum recurso. No curso a gente mostra todos os recursos da eletro, mas também falamos da parte manual, que a gente consegue tratar também.

C: A Michele está perguntando: ultrassom?

Y: É o ultrassom focalizado, que seria o Sonofocus, por quê? Porque a gente tem uma quantidade controlada, então não posso trabalhar com um ultrassom de 3 mhz, estou batendo no osso e vou trazer prejuízo para o paciente, então o Sonofocus é o que utilizamos na nossa prática, porque teremos o controle da camada de posse.

C: E a Vanessa Martarelo está pergutando: crio lipólise?

Y: Não acredito que a Vanessa está perguntando.

C: Ela é uma amiga minha.

Y: E minha também.

C: E será que ela está interessada em fazer crio lipólise?

Y: Será? Vou fazer nela já que ela é minha amiga.

C: Sabe o que você pode fazer? A gente pode convidar ela para o curso e ela servir de modelo.

Y: Ela não vai querer ser modelo.

C: Por falar em modelo, você vai querer ser modelo?

Y: Não.

C: No curso como é o procedimento. Você usa uma modelo?

Y: Na verdade no primeiro curso a gente comprou uma ‘perereca’.

C: Vamos mostrar a ‘perereca’ agora.

Y: Vamos mostrar agora ou depois?

C: Vamos mostrar agora.

Y: Ela está aqui escondida.

C: Na primeira vez a ‘perereca’ aparece no programa Estética na TV.

Y: A gente comprou para as pessoas não ficarem com vergonha, só que para nossa surpresa teve uma cliente que quis ser a modelo.
C: Por qual motivo?

Y: Porque ela falou que o maior interesse dela de estética íntima era primeiro se auto tratar e fizemos toda a prática nela e tivemos ótimos resultados. Então fiquei muito feliz com todos os protocolos que eu desenvolvi para o curso, a gente conseguiu ótimos resultados. Ela está atendendo no consultório dela e está super feliz, satisfeita.

C: OK. A ‘perereca’ primeira vez no programa. Quando será o próximo curso?

Y: Dia 25 de Setembro. Você está convidado para passar lá.

C: Vou passar lá. Eu vou porque quero ver a ‘perereca’ em ação. Então esse curso só tinha mulher?

Y: Só tinha mulher.

C: Então elas ficam bem à vontade.

Y: Bem à vontade.

C: O que ela fez?

Y: A gente fez clareamento, carbox terapia, já para minha surpresa ela disse que não doeu.

C: Até a Fernanda perguntou: carbox?

Y: Então trabalhamos carbox para a flacidez, a gente já fez a aplicação que fazemos para rugas e estrias, coloquei, insuflei e esperei o gás agir no tecido. Trabalhei com radiofrequência, o Polarys não tinha sido lançado ainda, então trabalhamos com o Sonofocus no monte pubiano.

C: Interessante. E ela ficou com a parte íntima renovada?

Y: Renovada.

C: Ela te deu feedback?

Y: Muito positivo. Ela me mandou um áudio falando que estava tendo vários resultados com as clientes, que ficou muito satisfeita com o tratamento que a gente teve dentro do curso, isso me deixou muito feliz, porque é algo novo, tem poucas pessoas que possuem feedback para passar para nós. E ela já está divulgando no consultório dela e já está com clientela. É uma pessoa que saiu na frente da concorrência dela. Imagina se alguém tiver 8 ou 9 amigas que querem tratar, ela é quem vai tratar desse público na cidade dela.

C: E o legal, que a gente conversou no programa com a Mariana, que quando uma cliente faz, ela compartilha com as amigas. A Mariana contou que uma pessoa passou a tratar só com o tratamento íntimo até homens.

Y: Olha só, eu tenho, como a gente conversou antes da gente entrar, viajado muito o Brasil com os treinamentos da Shopfisio e o que eu escuto nos consultórios: 40% do público é masculino e é um público fiel, é um público que paga e se gostar do atendimento, mantem-se fiel. Os homens procuram só pelo escurecimento, então todas as queixas são de mulheres.

C: Vamos falar de radiofrequência agora? A Karine está perguntando como deve usar a radiofrequência.
Antes da resposta, quero comentar que a Shopfisio vai sortear um curso, não vamos falar o valor, porque é um curso gravado.

Y: Mas o valor está bem legal, a Shopfisio vem com uma proposta para que as pessoas tenham mais conhecimento, então não estamos combrando preços muito altos, a gente está reduzindo o número de pessoas por sala.

C: Quantas pessoas por turma?

Y: Dez pessoas só por turma.

C: Ainda tem vagas para esse curso, vamos dar o contato da Shopfisio para quem quiser mais informações: (11) 99810-4991.

Y: Temos que conhecer bem a radiofrequência que vamos trabalhar, tem que ter conhecimento e é isso que passamos no curso, porque hoje temos muitas empresas com radiofrequência e temos vários tipos de rádio no mercado. Eu fiz a escolha de uma rádio segura, porque eu testei algumas e aonde a gente vai passar? Nos grandes e pequenos lábios. A parte interna a gente protege e trabalhamos a parte externa, não posso dar a dica toda, porque no curso a gente ensina o tipo de rádio, a frequência exata para estar trabalhando.

C: A Aracy está terminando a pós e tem muito interesse nesse assunto, mas os docentes têm muita restrição quanto ao assunto.

Y: Faz o curso.

C: Vai na Shopfisio para aprender. Agora vamos falar de carbox terapia?

Y: Sim. A gente pode trabalhar para a flacidez de pele, então para a aplicação da carbox é como se fosse em uma ruga, estria só a ponta do bisel (agulha) e a gente vai insuflar toda essa região lateral aos lábios, mas também podemos trabalhar no monte pubiano nas gorduras localizadas.

C: Legal. A Alexandra está perguntando se pode usar hidroquinona?

Y: Não, eu não gosto da hidroquinona, porque ela pode dar efeito rebote no clareamento. A Mariana falou no seu programa, é uva ursa, códico são compostos mais calmos, não a hidroquinona que é mais agressivo.

C: Quem pode fazer o curso? Pergunta de Nayara.

Y: Qualquer profissional da área da estética. Uma coisa muito importante para falarmos, nada interno, isso é para fisioterapeuta, ele deve ter uma pós-graduação ginecológica. Estamos tratando a parte externa, então podemos trabalhar com todo mundo da área da estética.

C: Tem muita pergunta chegando, aonde é o curso?

Y: Moema. Todos os nossos cursos hoje da Shopfisio ficam na Rua Pavão, 842 em Moema.

C: A Fran está perguntando de cursos em Goiânia, tem previsão para Goiânia?

Y: A Shopfisio tem uma proposta onde você monta a sua turma e vamos até você. É só entrar no site e escrever, que a gente consegue montar uma turma e eu vou até Goiânia dar o curso.

C: O pessoal está perguntando de curso online.

Y: A gente tem uma proposta para 2017 para fazermos algumas coisas online, mas ainda é um projeto.

C: Então vamos para o intervalo e na volta sortearemos um vaga para um curso.

C: Voltamos com o programa Estética na TV e tem um recado aqui. Você vai no meeting?

Y: Vou.

C: Vai ter um meeting da Ibramed em Amparo com grandes nomes da estética.

Y: Vai ser muito legal.

C: Vai ser muito show. E eu tenho uma novidade, se você quiser ir com a equipe do programa Estética na TV, nós temos cinco vagas no carro para levar você, é só contatar o (11) 96919-3299. Vai ser legal o pessoal ir com a gente.

Y: Vai ser legal.

C: Cinco vagas, se tiver trinta pessoas, vamos alugar um ônibus, mas até agora temos cinco vagas. Teremos a presença de grandes profissionais e da Debora Secco. Entra lá: www.meeting.ibramed.com.br.

A Taiane perguntou: vocês falaram sobre recursos manuais, mas como assim?

Y: Massagem modeladora no monte pubiano.

C: Shopfisio faz um programa com cursos online!

Y: Vamos fazer.

C: Com um monte de novidades, um monte de coisa. A Shopfisio é a maior loja de estética do Brasil, a maior loja de saúde do Brasil. A Ibramed é a quinta maior do mundo, a Medicatriz arrebenta.

Y: Você só tem pessoas muito boas.

C: Esteticista pode aplicar carbox terapia?

Y: A gente vai mostrar a técnica, porque tem outros profissionais que podem fazer, mas a esteticista não pode aplicar a carbox terapia. É uma questão de normativa.

C: Mas a gente sabe que tem muita gente que aplica errado, eu acho.

Y: Depende, se ela tiver alguém que responda pelo estabelecimento, então pode sim. Então depende com quem ela trabalha, onde ela trabalha, eu sempre falo que cada um sabe a norma que o seu órgão te permite ou não trabalhar. Então mostramos sim, mas ela deve ver se ela pode ou não aplicar.

C: Legal, muito bom. Já falamos de radiofrequência, de carbox terapia. Quero falar agora de luz pulsada.

Y: A luz pulsada consegue tratar depilação, que é uma queixa, o pelo, a gente vai tratar manchas, então com a luz a gente consegue clarear essa região e o rejuvenescimento. Conseguimos tratar todas as queixas com a luz pulsada, sempre lembrando que a parte da mucosa (parte interna) tem que estar protegida.

C: Como protege?

Y: Com uma gaze.

C: No curso você mostra.

Y: A gente mostra. Vamos falar bastante de teoria, mas a parte prática é muito importante e vamos dar todas as dicas, como estávamos falando no intervalo, eu ensino como fotografar. Porque você lembra como era antes? Então temos umas dicas de fotografia para a pessoa saber que aquela foto era dela.

C: A Priscila está perguntando, pode usar ultrassom em partes genitais?

Y: Não é na parte genital, é no monte pubiano. Não é ultrassom normal plano, é ultrassom focalizado.

C: Qual próximo tratamento a gente vai falar?

Y: Já falamos da carbox, da luz pulsada, do ultrassom e temos as partes dos peelings. Por quê? Porque não pode ser qualquer peeling, não vamos falar de uma marca específica, mas vou mostrar para ela qual peeling pode e qual não pode. A consistência desse peeling, porque se a gente pensar que é uma região de mucosa, tem que proteger e pode escorrer, então não pode ser um peeling nem muito abrasivo, nem muito líquido. É isso que vou mostrar para elas no curso, lógico que eu escolhi um para trabalhar, mas elas podem escolher da marca que elas quiserem.

C: E o peeling tem que tomar muito cuidado, porque tem muita responsabilidade.

Y: Por isso que falamos bastante sobre isso, porque tem que ter muita responsabilidade.

C: E o peeling você vai ensinar na ‘perereca’ ou em outras regiões também?

Y: Dá para usar o mesmo peeling na região perto da virilha, bumbum, anal e dá para trabalhar na axila também. São áreas que tem o mesmo tom de escurecimento. Pode fazer associações que a grande ‘cereja do bolo’ da estética é falar de associações, então posso trabalhar luz pulsada mais o peeling, podemos trabalhar a radiofrequência com a carbox e eu ensino o que pode e o que não pode. E é bem interessante.

C: Legal. O pessoal quer saber sobre o curso, vamos colocar o WhatsApp? (11) 99810-4991. Entra em contato porque só tem dez vagas.

Y: E já vendemos algumas.

C: Devem ter pouquíssimas vagas. A Fabiana quer um contato, pois ela quer o Lyra.

Y: Não posso falar o nome do vendedor, mas vá à loja de Moema.

C: Existe algum cosmético para esse tratamento com teste ginecológico?

Y: Não, porque é uma área muito nova, então tivemos que fazer testes internos, mas tudo que eu venho conversando com profissionais da área são os mesmos, temos que tomar cuidado com a mucosa, tem que tomar cuidado com a parte de não escorrer e não trabalhar com peeling agressivo, mas com peelings mais calmos para não agredir essa região.

C: Tem gente que não gostou da ‘perereca’, nós desvirtuamos o programa.

Y: Não é desvirtuar, é falar de novos tratamentos, a gente sempre fala de gordura, celulite, mas é uma área nova e as clientes pedem.

C: A Lucineia está agradecendo, pois ela nem sabia que existiam esses protocolos. É uma nova possibilidade para vocês trabalharem. Esse negócio de crise, só existe para quem não está preparado para trabalhar, quem se depara com um novo tratamento como esse, pois caiu para todo mundo, não tem jeito.

Y: Vem com coisas novas, com tratamentos novos para aquela cliente que já frequentava o consultório.

C: Se você tem opções novas, é mais fácil você vender e ajuda uma pessoa até ..

Y: Melhorar a autoestima, melhorar o desenvolvimento dela com o parceiro, melhorar a vida afetiva.

C: A Tatiana está perguntando dos procedimentos que falamos, quais a esteticista pode fazer?

Y: O único que a esteticista não pode fazer é o carbox, porque vamos falar também da parte preventiva da incontinência urinária, que é o fortalecimento. Então não vamos trabalhar a região de períneo.

C: Tem isso também?

Y: Tem isso também. A gente pode trabalhar fortalecimento de reto abdominal, de abdultores, dos músculos do glúteo, tudo isso ajuda a você não ter incontinência urinária.

C: Eu acho que a gente já respondeu, mas vamos responder para a Erica. Pode usar laser de baixa potência?

Y: Eu não gosto do laser eu prefiro o LED, se formos trabalhar, vamos trabalhar com LED, porque o azul ajuda na parte bactericida e é hidratante. Eu gosto do LED que é mais calmo do que o laser.

C: Pergunta da Karina: pode usar corrente aussie ou russa?

Y: É isso que eu tinha acabado de falar, a gente vai trabalhar o fortalecimento, mas não os músculos do períneo, a gente vai fazer uma parte preventiva, então eu pego aquela mulher de 35, 40 anos e eu começo a prevenir para ela não ter incontinência.

C: Que show.

Y: É muito legal.

C: Então vamos sortear agora, vai ser o seguinte, manda uma mensagem agora: eu quero! A primeira pessoa que mandar eu vou olhar aqui e vai ganhar.
Quem ganhou foi a Tatiana de São Paulo. Mais algum?

Y: Não, esses são os temas básicos do curso.

C: Agora o pessoal está perguntando muito sobre homecare. Indica-se homecare?

Y: Indica-se homecare para o clareamento. Agora para os outros tratamentos não. Ela tem que fazer em cabine com a gente.

C: E o fisioterapeuta, pode indicar algum exercício?

Y: Sim, a gente fala disso. Não são exercícios do domínio do fisioterapeuta, são exercícios convencionais que podem ajudar na prevenção. O que eu vou fazer? Vou ensinar a minha cliente a se prevenir para não ter uma incontinência urinária, porque o número da incontinência no Brasil é muito alto.

C: Vamos sortear mais uma vaga. Ediana de Minas.
Mais algum recado que você queira passar, alguma coisa que você acha importante ressaltar?

Y: Eu acho que o mais importante é mostrar para o profissional que é uma nova vertente, um novo conceito de tratamento e que vai ter uma opção a mais no consultório dele.

C: A Gabriela está perguntando: os resultados são mais rápidos ou mais lentos do que outras regiões?

Y: É o mesmo resultado, é a mesma coisa. É muito parecido com o que a gente faz no rosto.

C: E a Jô Farias: qual mínimo de sessões?

Y: Não gosto de falar menos de dez, porque se a gente identificar que não está dando resultado, a gente potencializa e melhora a resposta. Porque eu sempre falei que eu gosto de resultado, que a gente tem que estar satisfeito, não adianta ficar enrolando cinco aplicações, se na terceira ela não viu resultado, a gente dá dez, e se na segunda a gente ver que não está dando uma resposta, a gente muda o tratamento.

C: OK. Monte sua turma e contrate o curso, caso seja fora de SP.

Y: Uma coisa importante que quem for um montador de uma turma, ele ganha o curso para ele. Entra lá no site da Shopfisio e procura: Monte a sua turma.

C: Que legal. Um monte de gente dizendo que vai montar a turma e levar a Estética Intima para o Brasil. Todo mundo querendo uma melhor aparência naquela região.

Y: Que traz uma autoestima maior para as pessoas.

C: Fico muito honrado de ter você no programa Estética na TV, uma profissional extremamente competente, gravar com você é sempre uma honra.

Y: A gente se vê na Beauty e vamos ter muitas coisas para fazer.

C: No curso também.

Y: Está sempre convidado para ir à loja, a Shopfisio agradece.

C: Um grande abraço e semana que vem tem mais.

Pin It on Pinterest

Share This